Apendicite.com

Inflamação do apêndice intestinal

Artigos sobre a apendicite Último artigo

Apêndice

Do ponto de vista do desenvolvimento, o apêndice é um resíduo subdesenvolvido do ceco volumoso. O apêndice adulto tem um comprimento médio de 7 cm, é parcialmente fixado por uma extensão mesentérica do íleo adjacente e não tem função conhecida. Tem as mesmas quatro camadas que o resto do intestino e possui uma mucosa do tipo colônico. Uma característica distintiva desse órgão é o tecido linfóide riquíssimo da mucosa e submucosa, que, nos indivíduos jovens, forma uma camada inteira de folículos germinativos e polpa linfóide.

Esse tecido linfóide sofre atrofia progressiva durante a vida, até o ponto de desaparecimento completo em uma idade avançada. No idoso, o apêndice, em particular a parte distal, às vezes sofre obliteração fibrosa.

O apêndice é revestido por um mesentério denominado mesoapêndice. A parede do apêndice é constituída pelas mesmas camadas do restante do intestino. A característica microscópica mais proeminente é a predominância de tecido linfóide submucoso, que se desenvolve no início da primeira infância, alcança sua dimensão máxima durante a adolescência e, a seguir, sofre atresia progressiva.